blog-post-img-4138

15 dicas de relacionamento de Game of Thrones

Essa lista saiu do Mashable. Não me aguentei e tive que trazer uma versão brasileira.

Game of Thrones é uma série – literária e televisiva – que traz várias dicas valiosas pra todas as coisas da sua vida, inclusive relacionamentos. Claro que você não vai conseguir dicas de restaurantes e presentes de aniversário da Rainha Cersei, mas a série te ensina como conduzir as relações e superar bons e maus momentos. Se Daenerys Targaryen e Khal Drogo conseguiram se unir, apesar das diferenças colossais, por que você não conseguiria superar o fato da cara-metade estar de férias em outro país?
Então vamos lá. 15 dicas de Game of Thrones para  a vida a dois. E lembrem-se do conselho de Cersei: ou você segue as regras, ou…

Disposição pra novidades
tumblr_mp6ag1RlVc1qa5hqoo1_500
Ok, você não é fã de comer coisas ainda sangrando. Mas qual o problema de fazer um curso de culinária com o seu affair? Pode ser bacana. Tente.

Sem pressão
game-of-thrones-free-woman
Carpe diem, gente. Não precisa apressar nada agora, mesmo que as famílias tenham arranjado tudo. Apenas curtam os momentos juntos.

Dê e use o benefício da dúvida, ainda que os fatos estejam do seu lado
game-of-thrones-known
Essa dispensa comentários. Ok, você manja das coisas, mas deixe a cara-metade manjar um pouco também.

Sem orgulho
game-of-thrones-jon
Você é independente, ok. Mas deixar a outra metade da laranja ajudar nas coisinhas da sua vida faz maravilhas: a pessoa se sente bem vinda, incluída, e feliz.

Sem ciúme
game-of-thrones-jealousy
Nada acaba com um relacionamento como isso. Claro, aqui a gente não conta decapitações. Mas controle-se. O ciúme pode te fazer perder a cabeça… Literalmente.

Sem falsidades, traições e afins
game-of-thrones-king-1
Você nunca sabe quando a cara-metade vai ficar sabendo do que você fez e falou no verão passado – e não sabe quem é o Lord Varys da lista de amigos. Sinceridade é tudo.

Escolha suas batalhas
game-of-thrones-not-today
Chateia bastante ver aquela amizade bacana com um ex. Chateia mais saber da existência de um enteado, ou enteada. Mas entenda: às vezes, é melhor não brigar. Deixar pra lá.

Entenda e discuta os problemas do relacionamento de uma vez
tumblr_moxgtpcpWV1qa5hqoo1_250
Porque se vocês não conversarem e acertarem as coisas, um dia você se verá enforcando sua cara-metade numa fogueira em nome do Senhor da Luz. Cuidado.

Em vez de criticar, tente ajudar
game-of-thrones-nothing
Não adianta jogar os defeitos da outra pessoa na cara dela – ela provavelmente já os conhece. Em vez disso, ofereça soluções, ou ensine a fazer de outra forma.

Seja você mesmo
tumblr_mp6akj0pEi1qa5hqoo1_500
Parece fácil: você entra no spa de um jeito, sai de outro e sua metade da laranja morre de amores. Mas não é assim. Você pode até fazer o makeover, mas continua sendo o mesmo ser.

Não use sentimentos pra manipular
game-of-thrones-tears
Não é porque você sabe que sua tampa de panela mataria crianças por você que você deve pedir isso, ok? Não. Isso é simplesmente errado.

Aproveite o máximo do tempo que passam juntos
game-of-thrones-dream
Porque nunca se sabe o amanhã. Tudo pode acabar num instante. Ou numa Mirri Maz Duur.

Leve o que o outro diz a sério, mesmo que seja besta
game-of-thrones-osha
Às vezes, a gente precisa dar o braço a torcer. Os Outros e os Dementadores podem não existir, mas o medo da sua cara-metade é real. Não brinque.

Antes sozinho que mal acompanhado – a verdade do dito popular
game-of-thrones-fear
O relacionamento está ruim, mas você acha pior ficar sozinho? Acredite, não é bem assim. Margaery Tyrell é exemplo. Se está ruim e não tem conserto, fique só.

Se você não pode dar o impossível, dê algo possível e fantástico
game-of-thrones-puppies
Ok, a sua metade da laranja quer um dragão, mas isso, você não pode dar. Então dê o Richard Madden. Ou a Rose Leslie. Vai fazer sucesso.

É isso. Dicas de ouro, não? Game of Thrones: melhor que a Capricho. =D

Lekkerding 237 posts

Cúspide e Gêmeos e Câncer. Corinthiana não praticante. Indie até os ossos. Advogada. Blogueira. Eterna estudante. Jogadora de handebol e de rugby, aposentada compulsoriamente. Fã de cerveja, de um bom papo, da internets e da (boa) política. Amante de David Bowie e de Florence & the Machine. Chata. Sem mais.

"Quem sabe respirar o ar de meus escritos sabe que é um ar das alturas, um ar forte. É preciso ser feito pra ele, senão há o perigo nada pequeno de se resfriar. O gelo está próximo, a solidão é monstruosa (...) Quanta verdade suporta, quanta verdade ousa um espírito? Cada vez mais tornou-se isto pra mim a verdadeira medida de valor. Erro não é cegueira, erro é covardia... Cada conquista, cada passo adiante no conhecimento é consequência da coragem, da dureza consigo, da limpeza consigo... Eu não refuto os ideais, apenas ponho luvas diante deles... Lançamo-nos ao proibido: com este signo vencerá um dia minha filosofia, pois até agora proibiu-se sempre, em princípio, somente a verdade."

Friedrich Nietzsche

Porque toda semana - lembrem-se, minhas semanas são relativas - deixarei algo bacana pra vocês verem/ouvirem. Espero que gostem das escolhas.