blog-post-img-4398

Atrasada na resenha: O Cavaleiro Solitário

Esta sou eu, atrasada pra outra resenha. Mas enfim. The Lone Ranger. O filme meio que decepcionou nas bilheterias, e as críticas não foram bacanas.

Mas… Discordo. Não é nada épico, mas o filme não é ruim. É um típico filme da Disney: funciona muito bem pra crianças. Para adultos, é Sessão da Tarde. Não é a primeira opção para uma sessão pipoca, mas diverte. Mas esta sou eu. Também gostei de Wild Wild West quando saiu – e até hoje, não acho esse desastre todo.


(nem precisa fingir que não clicou no play e não saiu dançando. Eu sei)

Podia ser menor. A história em si cabia perfeitamente em 90 minutinhos. Mas alguém resolveu que seria mais legal dobrar isso. Aí não ficou bacana. Cansa. Talvez isso tenha pesado bastante nas críticas – quem viu no cinema não tinha o controle remoto pra dar “pause”, fazer outras coisas e voltar.

Mas enfim. A história, em si, é interessante. Isso, mais por Tonto que por outros personagens. É o dom do Johnny Depp: ele pode estar todo horrendo na tela, mas te prende na teia dele e não te deixa escapar.

Nem assim a gente deixa de prestar atenção no Johnny Depp.

Nem assim a gente deixa de prestar atenção no Johnny Depp.

Muita gente achou que tinha semelhança demais entre Tonto e Jack Sparrow. Concordo… E discordo. Às vezes, fica caricato, e você fica esperando ele pedir um gole de rum. A mulherada no filme representa bem: tem Helena Bonham Carter caprichando na badassery, e pra quem curte séries inglesas, a psicopata favorita da Mighty England.  O cavaleiro solitário encaixa bem na trama e fica responsável por 99% dos momentos cômicos.

Bellatrix Lestrange X Alice Morgan. Quem ganha?

Bellatrix Lestrange X Alice Morgan. Quem ganha?

A fotografia está ótima, e a trilha sonora também – não que se pudesse esperar menos do Hans Zimmer, né gente? Enfim, todos os elementos se combinam e contam uma história onde você ri, admira a arte na tela e fica empolgado com o que ouve.  Vai dizer que isso não é bom? Pode não ser o que as pessoas esperavam, mas não deixou de ser bacana. Por isso, dou nota 5 para The Lone Ranger. Vale a pena ver o filme.

Lekkerding 237 posts

Cúspide e Gêmeos e Câncer. Corinthiana não praticante. Indie até os ossos. Advogada. Blogueira. Eterna estudante. Jogadora de handebol e de rugby, aposentada compulsoriamente. Fã de cerveja, de um bom papo, da internets e da (boa) política. Amante de David Bowie e de Florence & the Machine. Chata. Sem mais.

"Quem sabe respirar o ar de meus escritos sabe que é um ar das alturas, um ar forte. É preciso ser feito pra ele, senão há o perigo nada pequeno de se resfriar. O gelo está próximo, a solidão é monstruosa (...) Quanta verdade suporta, quanta verdade ousa um espírito? Cada vez mais tornou-se isto pra mim a verdadeira medida de valor. Erro não é cegueira, erro é covardia... Cada conquista, cada passo adiante no conhecimento é consequência da coragem, da dureza consigo, da limpeza consigo... Eu não refuto os ideais, apenas ponho luvas diante deles... Lançamo-nos ao proibido: com este signo vencerá um dia minha filosofia, pois até agora proibiu-se sempre, em princípio, somente a verdade."

Friedrich Nietzsche

Porque toda semana - lembrem-se, minhas semanas são relativas - deixarei algo bacana pra vocês verem/ouvirem. Espero que gostem das escolhas.