blog-post-img-740

Isso é simplesmente ERRADO

Às vezes, eu gostaria de ser Marie Curie. Se ela eu fosse, não teria descoberto o rádio e morrido envenenada. Se eu fosse Madame Curie… Inventaria a cura para a sandice coletiva.

Chamo de sandice coletiva o que anda acontecendo por aí, com Thor Batista. Todos falando que é necessário cobrar ação das autoridades, que não pode haver impunidade, e bobagens afins.

Tendo em vista, novamente, que no fim deste ano, todos vocês vão escolher os prefeitos de suas cidades, fica a pergunta. Não há nada mais útil pra fazer da vida? Todo dia, os portais de notícias falam das eleições que se aproximam. Todo dia, sabemos de projetos de lei sem o mínimo sentido. Vocês não comentam isso. Mas o Thor Batista? Opa, vamos “investigar” até o fim.

Presenciei o Sakamoto na PUC-SP, falando do ocorrido. Vi também seu texto sobre. Vi ainda a nota de Reinaldo Azevedo na Veja. E claro, vi a avalanche de artigos e comentários a respeito.

Mas não vi FATOS. Não vi ninguém afirmando nada. Ninguém parou pra pensar no que este garoto está passando. Vocês já viram alguém morrer? Ele viu o carro partir alguém ao meio. E vocês aí, apontando dedos. Há uma coisinha constitucional chamada “devido processo legal”. Ela não engloba a opinião pública (ainda bem).

Uma vida se perdeu. Sabe o que seria ótimo? Vocês, enquanto povo, mostrarem algum discernimento. Respeito. Quando coisas assim acontecem, tudo que vocês conseguem mostrar é como são rapidamente infectados pela pobreza de espírito. Não vejo ninguém enviar condolências às famílias dos mortos, ou doar algo às entidades que os representam. Eu vejo o barraco, a fuzarca, o bombardeio de achismo e… Sandice.

Vocês podem chamar de nazista (sério, já me disseram isso), burguesa, o que quiserem. Mas dou os parabéns ao tio Eike Batista e ao filho, porque até agora, eles se portaram na forma da Lei. Quando tudo aconteceu, Thor foi buscar a polícia, não o pai. Quando instado, Thor prestou depoimento e forneceu todos os documentos e provas solicitados. E o tio Eike, podendo coletar favores de amigos – ou não – pra livrar o filho, não o fez. Só exerceu seu direito constitucional: chamou um advogado. Ou dez. Ele tem direito de fazer isso. Os dois estão trilhando o caminho da Lei e mostrando que não se sentem superiores à minha amada Constituição pela conta bancária.

A única culpa comprovada aqui é – desculpe aí, tio Eike, mas é verdade – a feiúra do Thor Batista. Eu nunca acreditei, mas agora vejo que dinheiro sempre tem um castigo divino. E a cara de Chucky que o Thor tem é a punição do pai e da mãe.

Vocês? Continuam falando do Big Brother e sem saber o que é ação popular. Vocês pisam na cara da Constituição todo dia, porque não sabem que ela existe e não a fazem valer nesse mundo. Mas o Thor Batista? Esse tem que pagar por tudo que vocês não fazem.

Enquanto isso, no Senado, o Sr. José Sarney morre de rir dessa grande piada – pra ele – que é o povo brasileiro. Parabéns, povo. Parabéns.

Lekkerding 237 posts

Cúspide e Gêmeos e Câncer. Corinthiana não praticante. Indie até os ossos. Advogada. Blogueira. Eterna estudante. Jogadora de handebol e de rugby, aposentada compulsoriamente. Fã de cerveja, de um bom papo, da internets e da (boa) política. Amante de David Bowie e de Florence & the Machine. Chata. Sem mais.

  • Lekkerding

    É uma situação complicada. Por isso agradeço a existência das pessoas pensantes – aquelas, que quando essas palhaçadas começam, dizem “parem com isso”.

  • Ju Kiefer

    Pois é, pensar antes de falar ajudaria muito, seria um bom começo. Eu fui ensinada a: se não sabes o que dizer, fiques quieta! É uma pena que esses valores estejam caindo no esquecimento. O pior de tudo é perceber que não são somente os ignorantes que escrevem e falam sandices para todos lerem e ouvirem. Muitos que deviam ser os primeiros a defenderem com unhas e dentes o livrinho de 88, são os que mais a desrespeitam e pisoteiam – como um desembargador do TJ/RS que disse essa pérola: A CF de 88 exagerou nos direitos e garantias individuais (frase publicada no jornal que tem maior circulação no RS). Aí, diga-me: se a moda pega, o babaca sugere a redução da menoridade penal para 10 anos, e o outro imbecil fomenta, aí o que tem poder para alguma coisa resolve pensar na ideia…aí o Jornal Nacional faz a lavagem cerebral no resto do povo… Bem, por tudo isso fico muito feliz em ler teu blog. Renova minha esperança.

  • Lekkerding

    Muito obrigada! Suas palavras me deixam feliz. Tudo que eu queria é que todos parassem e pensassem um pouco antes de falar. Três segundos que sejam, já ajudam, né? As pessoas falam sem pensar e esquecem que brigar na rua é crime também. Aí o filho de 10 anos troca sopapos com o amiguinho num jogo de futebol e vai parar na cadeia, porque a pessoa NÃO usou três segundos pra pensar antes de sugerir a redução da maioridade penal. É uma coisa, não?

  • Ju Kiefer

    Sempre que passo por aqui, saio feliz por constatar que há vida inteligente na internet, e com uma sensação de que não estou sozinha. Não me chamaram de nazista (ainda), mas subversiva, e afins, já. E confesso que prefiro. Prefiro assim, a compactuar com as sandices geradas pela ignorância – (como as manifestações populares sobre a reforma do CP: teve imbecil que sugeriu a redução da maioridade penal para 10 anos) Enfim….abraços. E que o Chucky e todos aqueles que se encontram com problemas com a lei tenham direito ao devido processo legal e as garantias constitucionais inerentes ao Estado Democrático de Direito.

  • Lekkerding

    Chucky olhou o Thor Batista e disse “DEUS, como ele é feio”. Esta é a triste situação do rapaz.

  • Lekkerding

    Mas quem tem ressaca moral, deveria criticar, julgar e modificar o que está no espelho, e não na garagem de Thor Batista. O mal é esse. Nem sabemos do que falamos, temos mais sujeira no traseiro que os outros, mas queremos posar de baby wipes social.

    O trânsito é um caos em todo lugar, não só aqui. Acho que não percebemos que carro não é luxo; é uma ferramenta poderosa – e só gente muito habilitada deveria ter capacidade pra guiar. É como avião, navio, serra elétrica… Quem não manja mesmo, não chega perto. Mas de alguma forma, as pessoas acham que está tudo bem em sair dando carro na mão de qualquer ser que tenha GTA no computador.

    Algumas cidades se livram do problema o trânsito forçando a ocupação do espaço público por pedestres e ciclistas. Aqui, não tão cedo. Somos um tanto sedentários demais pra aproveitar a deixa.

  • Lekkerding

    Eu também não. Os detalhes ficam com a polícia – a competente para investigar. O que a revista diz e o que a gente acha é confete, e só.
    A única coisa que posso afirmar é que ainda não vi o ser escorregar pra ser chamado de “assassino cruel”. Ele fez tudo como manda lá o livro.

  • ssrodrigues

    Em tempo: coitadinho do menino, ele é feinho, mas Chucky?

  • ssrodrigues

    Oi Raphaella
    Concordo plenamente que tudo anda muito errado quando uma parcela significativa da sociedade se põe a julgar e, pior, condenar, baseando-se em suposições e na condição social da pessoa, tanto a atropelada quanto a que atropelou; e concordo também que esse tipo de escapismo é um prato cheio para nossos caros e queridos concidadãos ( uso a palavra com boa dose de reserva, cidadãos são praticamente quase tudo que a maior parte dos brasileiros não são, mas vá lá, na falta de outra…).
    Existe contudo a possibilidade de uma espécie de ressaca moral associada a esse escapismo conveniente: após tantos e tantos atropelamentos provocados por direção perigosa e irresponsável, criminosa mesmo, sem que praticamente nada seja feito, é de esperar essa espécie de histerismo. que não resolverá nada, claro e ainda desmoraliza qualquer tentativa de agir no sentido de corrigir, pelos meios legais e éticos a barbárie que é nosso trânsito.

  • Lekkerding

    É melhor não acompanhar e não apedrejar o garoto Chucky sem prova nenhuma que sair dando sentenças por contas de rumores, boatos e notícias desencontradas. Só posso agradecer a Cthulhu por não permitir que notícia de jornal faça parte de inquérito policial.

  • Sábata

    Foda é ver notícias que o laudo toxicológico do corpo saiu, tipo, em um dia, apontando que o garoto estava andando de bicicleta doidão. Sei lá, deve ser divertido brincar de Law and Order quando se pode manipular evidências, etc etc. Vemos dessas coisas por aí. Mas sim, é achismo meu. Foi o que eu ouvi falar. Sinceramente, não estou acompanhando o caso.

"Quem sabe respirar o ar de meus escritos sabe que é um ar das alturas, um ar forte. É preciso ser feito pra ele, senão há o perigo nada pequeno de se resfriar. O gelo está próximo, a solidão é monstruosa (...) Quanta verdade suporta, quanta verdade ousa um espírito? Cada vez mais tornou-se isto pra mim a verdadeira medida de valor. Erro não é cegueira, erro é covardia... Cada conquista, cada passo adiante no conhecimento é consequência da coragem, da dureza consigo, da limpeza consigo... Eu não refuto os ideais, apenas ponho luvas diante deles... Lançamo-nos ao proibido: com este signo vencerá um dia minha filosofia, pois até agora proibiu-se sempre, em princípio, somente a verdade."

Friedrich Nietzsche

Porque toda semana - lembrem-se, minhas semanas são relativas - deixarei algo bacana pra vocês verem/ouvirem. Espero que gostem das escolhas.