blog-post-img-2124

Missão: 40 pontos

Então, vamos lá. Vamos falar de OAB. Você, que vai prestar a primeira fase do XVII Exame: acabou a brincadeira. Você tem exatos 18 dias pra se preparar.

man-of-steel-scream-we-re-not-going-to-see-that-batman-v-superman-footage

Calma, camarada. Não é o fim do mundo. É uma prova difícil? É. Mas entenda uma coisa: o difícil se torna fácil quando você conhece o inimigo, por assim dizer. Quando fui prestar a minha primeira fase, fiquei nervosa também – a minha maior insegurança era não ter feito cursinho. Dizem por aí que você precisa do cursinho, sem ele você não vai fazer nem 10 pontos.

Então… Não. Sem querer tirar o mérito dos cursinhos, porque eles são importantes, sim: mas são coisas complementares. Tudo que você precisa saber, já está na sua cabeça. Você está, afinal de contas, cursando Direito (ou já terminou). Você, agora, só precisa treinar.

Eu treinei. Comecei pelas provas mais antigas, e fui fazendo até chegar na última edição antes da minha. Primeiro, eu conheci meu inimigo. A Banca da FGV adora se fazer de durona, como se a prova dela fosse a pior coisa do universo, e só ficasse mais impossível a cada Exame. Pois bem. Treinando, conheci meu inimigo. E descobri que isso não é exatamente uma verdade.

A FGV, nas provas, vai cobrar o básico. Mesmo. O que você vê nas questões, já viu nas provas da faculdade – não daquela forma, mas já viu. E o que você vê nos Exames de agora, já apareceu nos Exames de antes. Não acredita? Olha isso:

Untitled 3

Cinco anos depois, o mesmo assunto – se quiser, pode olhar em outras provas e outras matérias. A questão pode mudar, mas a FGV vai te perguntar quando o advogado pode ter a palavra, de um jeito ou de outro. Ela vai te fazer perguntas curiosas sobre as relações de consumo; as respostas estão no caderno de Direito do Consumidor (ou no Caderno de Direitos Difusos e Coletivos) da faculdade. Também vai te fazer perguntas sobre o processo civil, o processo penal e o processo do trabalho – e de novo, as respostas estarão no caderno. Você já viu isso antes. E já passou disso antes.

O bacana, pra quem já terminou a faculdade, é que esse pedaço ajuda bastante os tais laços fraternais da turma: você pode contatar o pessoal que está nesse barco e reunir pra esquematizar – rever os tópicos mais frequentes, trocar dicas e ideias, comparar material e afins. Ter um grupo de estudo ao vivo é bom: a troca de conhecimento nivela o que todos sabem pra prova. Você só tem a ganhar.

Os tópicos da prova não mudam muito. Você só precisa saber reconhecê-los. E eles são básicos – de verdade, já não mostrei isso aí em cima? Então. Você está preparado, passou cinco anos se preparando. A matéria, você já tem. Agora, você precisa de treino, camarada.

tumblr_n1qpnsDLsM1rx419io1_500

Precisa rever as provas já aplicadas e reconhecer os tópicos recorrentes. Precisa treinar o cérebro pra não cair nas pegadinhas dos enunciados – longos e enrolados de propósito, pra você se perder – e nas armadilhas das respostas, que são cheias de trocar palavras com o único propósito de te confundir. Precisa treinar o corpo pra passar 5 horas (no mínimo) sentado numa cadeira horrível, num ambiente hostil, com sensação térmica medonha, sem nenhum estímulo. Precisa aprender a controlar a bexiga. A contar as questões, pra saber onde na prova fica a matéria que você manja mais (aquela dica de começar pelo que você sabe? Altamente útil. Fique com ela). Você PRECISA fazer esse trabalho, porque ninguém vai fazer por você.

E, principalmente, precisa confiar no seu taco. Você já sabe tudo que tem na prova. Agora, camarada, precisa aplicar isso. E só vai aplicar se conhecer BEM seu inimigo. Então, comece já e garanta seus 40 pontos – esqueça esse negócio de gabaritar, de tirar 10, de somar ponto pra média, de contar com recurso, Ouvidoria, choro pra professor. Você precisa acertar 40 questões. Depende só de você, e desse taco confiante aí.

Em tempo: foi exatamente o que eu fiz. E na primeira fase, consegui 54 pontos. Posso dizer que funciona. Então, segue meu calendário. E em tempo: quando fiz isso, estava estudando, fazendo TCC e trabalhando. Não vem dizer que não dá tempo: dá sim. Você só precisa querer.

Untitled 1

Lekkerding 236 posts

Cúspide e Gêmeos e Câncer. Corinthiana não praticante. Indie até os ossos. Advogada. Blogueira. Eterna estudante. Jogadora de handebol e de rugby, aposentada compulsoriamente. Fã de cerveja, de um bom papo, da internets e da (boa) política. Amante de David Bowie e de Florence & the Machine. Chata. Sem mais.

"Quem sabe respirar o ar de meus escritos sabe que é um ar das alturas, um ar forte. É preciso ser feito pra ele, senão há o perigo nada pequeno de se resfriar. O gelo está próximo, a solidão é monstruosa (...) Quanta verdade suporta, quanta verdade ousa um espírito? Cada vez mais tornou-se isto pra mim a verdadeira medida de valor. Erro não é cegueira, erro é covardia... Cada conquista, cada passo adiante no conhecimento é consequência da coragem, da dureza consigo, da limpeza consigo... Eu não refuto os ideais, apenas ponho luvas diante deles... Lançamo-nos ao proibido: com este signo vencerá um dia minha filosofia, pois até agora proibiu-se sempre, em princípio, somente a verdade."

Friedrich Nietzsche

Porque toda semana - lembrem-se, minhas semanas são relativas - deixarei algo bacana pra vocês verem/ouvirem. Espero que gostem das escolhas.