blog-post-img-6328

Oscar 2015: apostando nos coadjuvantes

Já dá pra ver a luz no fim do túnel da nossa saga. Eu sei que vocês estão ansiosos pra ver as apostas no Melhor Ator e na Melhor Atriz, mas ninguém chega longe sem um bom sidekick.

giphy

O Bátima que o diga.

Então a gente vê de uma vez só os coadjuvantes: sem eles, os protagonistas nunca chegariam lá. Começando por Melhor Atriz Coadjuvante: as indicadas são Meryl Streep (Into the Woods), Laura Dern (Wild), Patricia Arquette (Boyhood), Emma Stone (Birdman) e Keira Knightley (The Imitation Game).

Você deve imaginar como Meryl Streep chegou aqui com esse filme. A resposta é fácil: já viu Mamma Mia? Já ouviu Meryl Streep cantar? Então, a evolução é gritante, até pros velhinhos da Academia. E valeu a indicação, mas só.

Emma Stone foi bem no Birdman. Como Meryl Streep, ela surpreendeu ao mostrar um talento que ninguém sabia que ela tinha, e está de parabéns por isso. O mesmo pra Joan Clarke de Imitation Game, que foi excelente, e mostrou que Keira Knightley é mais que biquinhos em filmes de Jane Austen (finalmente). As indicações foram merecidas, mas não vai além disso. Elas precisam ter orgulho dessas indicações, mas sem muitas esperanças de levar a estatueta pra casa.

Laura Dern e Patricia Arquette fazem papéis excelentes como mães. Elas dão uma base fenomenal pro desenvolvimento da história, e estranhamente, suas personagens passam por situações semelhantes. Só que enquanto o Mason é um doce de pessoa, Cheryl Strayed… Não. Laura Dern teve mais trabalho pra demonstrar as agruras da maternidade (e teve um fim intenso). Foram ótimas indicações, mas acho que a Laura Dern brigou mais, e tem mais chances no páreo. Fichas: 70% na Laura Dern e 30% na Patricia Arquette, e estas são as apostas femininas.

giphy (2) tumblr_nf1xj3qevs1s89mq8o8_400

Agora, os tributos para Melhor Ator Coadjuvante: Robert Duvall (O Juiz), Ethan Hawke (Boyhood), Edward Norton (Birdman), Mark Ruffalo (Foxcatcher) e J. K. Simmons (Whiplash).

O juiz de Duvall foi bacana de acompanhar, e todos nós sabemos que é um ótimo ator. A indicação é válida, mas é só – não tem chances, pra mim. Mark Ruffalo convenceu bastante, as transformações dele na telona são notáveis, e também vale uma indicação, mas chance? Nah…

Já falei que acho que Edward Norton roubou a indicação do James Gandolfini? Pois é. Ele tá chato em Birdman, foi uma interpretação muito meh (ele é o único defeito desse filme). Não deveria estar aí.

De olho na injustiça.

De olho na injustiça.

Ethan Hawke foi um pai excelente em Boyhood, encaixou perfeitamente com a Patricia Arquette. Está de parabéns – e foi ele quem marcou mais a passagem de tempo e a vidinha do Mason. Mas a performance de J. K. Simmons em Whiplash foi uma coisa totalmente inesperada. Ele foi um monstro na tela, literalmente. Se tem uma coisa boa em Whiplash, essa coisa é ele. E aposto 75% das minhas fichas no J. K. Simmons. Ethan Hawke fica com 25% delas na mesa de apostas.

tumblr_ngph3inoiI1r26m8lo2_400 giphy (4)

É isso, gente. No próximo (daqui a pouco), Melhor Atriz. Depois, Melhor Ator. E aí a gente fala do Melhor Filme.

Estas apostas tem o Selo Clegane de qualidade.

Estas apostas tem o Selo Clegane de qualidade.

Lekkerding 237 posts

Cúspide e Gêmeos e Câncer. Corinthiana não praticante. Indie até os ossos. Advogada. Blogueira. Eterna estudante. Jogadora de handebol e de rugby, aposentada compulsoriamente. Fã de cerveja, de um bom papo, da internets e da (boa) política. Amante de David Bowie e de Florence & the Machine. Chata. Sem mais.

"Quem sabe respirar o ar de meus escritos sabe que é um ar das alturas, um ar forte. É preciso ser feito pra ele, senão há o perigo nada pequeno de se resfriar. O gelo está próximo, a solidão é monstruosa (...) Quanta verdade suporta, quanta verdade ousa um espírito? Cada vez mais tornou-se isto pra mim a verdadeira medida de valor. Erro não é cegueira, erro é covardia... Cada conquista, cada passo adiante no conhecimento é consequência da coragem, da dureza consigo, da limpeza consigo... Eu não refuto os ideais, apenas ponho luvas diante deles... Lançamo-nos ao proibido: com este signo vencerá um dia minha filosofia, pois até agora proibiu-se sempre, em princípio, somente a verdade."

Friedrich Nietzsche

Porque toda semana - lembrem-se, minhas semanas são relativas - deixarei algo bacana pra vocês verem/ouvirem. Espero que gostem das escolhas.