Muito falar e nada fazer

blog-1-img-1109
02 Mai

Muito falar e nada fazer

Faz um tempão que não escrevo aqui. Em parte, a ausência se deve a falta de tempo, mas o desânimo contribuiu bastante. Não é difícil entender. É só olharem os textos antigos do blog. Escrevi sobre o cuidado que devemos ter para não sermos xiitas em nenhum aspecto do nosso Estado. Escrevi sobre as medidas que podemos tomar, enquanto cidadãos, pra questionar os atos governamentais...

blog-1-img-1089
03 Jan

Sobre Viviane Wabbe

E já começamos o ano com essa bomba. Depois da notícia da estagiária que se matou após sofrer abusos na festa de fim de ano de um escritório de advocacia, a nets está cheia de textos falando do caso com toda a pompa e circunstância de experts. Muito me surpreende que tanta gente saiba mais que a polícia, ao falar do caso como se tivesse acompanhado...

blog-1-img-1062
04 Dez

Desabafo de uma corinthiana

Eu sei que tenho coisas mais úteis a postar, mas... Só queria fazer uma observação. Peço que leiam com atenção até o fim, porque o desabafo se torna necessário. TODAS as torcidas dos times brasileiros que foram disputar o Mundial tiveram a MESMA despedida no aeroporto. TODAS as torcidas encheram o saguão e entoaram hinos até o embarque dos times. E TODAS elas deram alguma...

blog-1-img-1055
30 Nov

As velas, as cervejas e os revolucionários da PUC

Estava a caminho de casa, quando passei por uma “manifestação” de alunos da PUC. Na hora de rush, com todo mundo querendo (e precisando: duas ambulâncias cheias aguardavam os alunos desocuparem a rua, e ninguém deu atenção às sirenes) passar, cerca de 100 estudantes faziam coreografia e gritavam “pula, sai do chão, quem é contra a fundação”. Seguravam velas. Provável que o show tenha a...

blog-1-img-1048
12 Nov

Quem ganhou essa corrida eleitoral?

Ressaca eleitoral? Eu também tenho. Estas eleições tinham algo a mais: o PT abocanhou cidades politicamente poderosas, como Sampa. Tudo isso com o julgamento do mensalão correndo. Será que ninguém estava prestando atenção, ou resolveram dar passe livre ao PT? Nem um, nem outro. Desde que foi aberto o julgamento, as pessoas querem que o PT “pague pelo que fez”. “O PT não está no...

blog-1-img-1028
23 Out

O absurdo manda lembranças

Vamos a outro assunto espinhoso, com texto comprido. Eu juro que editei montes. Há quem diga que sou radical por não querer representatividade religiosa. Acredito que as regras gerais pra tentarmos conviver de forma civilizada dependem da ausência de peças religiosas – elas tendem a se institucionalizar, se acharem melhores que outras e imporem seus códigos a todos. Elas também tendem a ignorar solenemente os...

blog-1-img-1016
21 Out

Violência doméstica e o terror em Silent Hill

Eu não ia dizer nada a respeito, mas uma discussão num fórum me fez ver que era importante falar algo aqui também. Acho que ficará comprido, mas eu juro que editei bastante. Não sou responsável pelas cataratas e afins. Violência doméstica é um tema espinhoso. Não gostamos muito de falar nisso, mas está lá fora. Milhões de agressores no mundo estão, nesse momento, aterrorizando a...

blog-1-img-956
02 Set

Trollado pela imunidade

Então, vamos atualizar antes que certo duende use habilidades do Guild Wars na minha humilde e atarefada pessoa. O texto está longo, já aviso. Mas acredito que vão gostar da reviravolta no final. Eu não consigo dar crédito a gente que acredita demais. Quem acredita demais deixa de usar a maior dádiva humana já concebida: o cérebro. Jair Bolsonaro é um desses. É minha garantia...

blog-1-img-930
05 Ago

Olimpíadas antipatriotas

Há quanto tempo vocês não leem um Panteão dos Parvos por aqui? Infelizmente, o jejum acabou. Não é segredo pra ninguém: as pessoas tinham expectativas para os Jogos Olímpicos de Londres. Por alguma razão cósmica, todos acreditavam que nossos atletas eram de Krypton e iam zerar o placar de medalhas. Não foi bem assim. E de repente, todo mundo, do alto do sofá de casa,...

blog-1-img-919
23 Jul

Faça sua escolha

A vida é simples. As coisas são simples. As pessoas... São muito simples. É tudo simples. Qualquer complicação que surja é resultado das suas escolhas. Você sempre pode optar por simplificar, ou complicar. Seja pela ação, pela omissão, pela simples aceitação dos fatos... O silêncio é a pior das escolhas. Qui tacet, consentire videtur. Sábios os romanos, não? Quem nunca se manifesta, deixa que façam...