blog-post-img-2844

Top 10: cenas marcantes dos cinemas

Alô, pessoal! Faz um bom tempo que não aparecemos por aqui. Sabem como é, a Equipe fica triste no hiatus. É muita depressão. Mas setembro chegou. Com ele, veio o ânimo. Que tal quebrar o gelo com nossas memórias mais empolgantes?

Todo mundo tem nas lembranças aquela cena maravilhosa – ÉPICA – daquele filme ou seriado que marcou. Seja na infância, na adolescência ou na velhice. Aquela cena, que a gente ama, ou odeia, mas que não consegue esquecer, de tão… Marcante!

Então vamos a um top 10 rápido? Só pra esquentar? Trazendo as 10 cenas mais marcantes das telonas aqui do QG Hipnoseries!

10 – Jurassic Park

Imagine que você quando criança era LOUCO por pokémons. Agora você é o maior “pokemólogo” do mundo. Aí vem um velhinho maluco e te apresenta uma ilha… Cheia de Pokémons! Eles existem! Respiram, brilham e soltam bolas de fogo! Não seria fantástico? Num passado não muito distante, os dinossauros eram os pokémons da vez. E Steven Spielberg materializou nas telonas a delícia de descobrir um Pokémon pra muita gente. Ninguém esquece a cena em que o Dr. Alan Grant e a Dra. Ellie Sattler encontram pela primeira vez um dinossauro vivo. Ainda tira o fôlego!

9 – Lord of the Rings

Para os apaixonados pela obra de Tolkien, a saga de Peter Jackson nos cinemas é controversa. Há quem ame e quem odeie. Mas numa coisa, os fãs concordam: a cena em que o rei Theoden ataca o exército orc às portas de Gondor – conhecida como Rohirrim Charge – é a melhor coisa do universo. Há quem consiga ouvir as palavras de Tolkien enquanto a cena passa.

8 – Harry Potter

Os potter fans estão órfãos. Muita gente cresceu – mesmo – lendo Harry Potter. Crescendo com ele, acompanhamos as alegrias e tristezas do jovem bruxo em Hogwarts. Mas nada, nem no livro e nem no filme, conseguiu ser mais triste e cruel que a perda de Sirius Black. Cuidado: se você ainda for sensível ao assunto, não reveja a cena, pra não chorar.

7 – Iron Man

Para os fãs de HQs, o lançamento de Iron Man lavou almas. Quem aí tem arrepios só de lembrar de X-Men 3? E do Homem Aranha com Tobey Maguire? E do Batman com peitinhos do Joel Schumacher? Dói, não é mesmo? Pois é. Ainda bem que a Marvel existe. A virada dos HQs começou quando Christopher Nolan lançou “Batman Begins”, e continuou firme com Sin City, 300 e Watchmen. Mas quando Robert Downey Jr. vestiu a armadura vermelha e saiu rasgando os céus do Oriente Médio… Ah, os fãs de HQs foram vingados por todas as injustiças.

6 – Terminator

Para muitos, o filme inteiro é épico. Aliás, todos os filmes dessa série – com exceção do desastre do 3º episódio – são ícones e todos os frames deveriam estar na lista. Mas precisamos escolher uma cena, certo? A cena mais marcante. Aquela que te faz lembrar por que você gosta – ou não – do filme. Nós escolhemos Sarah Connor. Porque sem Sarah, não tem graça. Certo?

5 – Meng Long Guo Jiang

Ok, essa é para os fãs de artes marciais. Ou para os discípulos de Chuck Norris. Ou para os saudosistas de Bruce Lee. Enfim. Muita gente nunca viu esse filme na vida, mas de alguma maneira, essa cena é mundialmente conhecida por algo bem simples: Chuck Norris, o invencível, leva uma bela surra no final. Moral da história: com o Dragão, não se brinca.

4 – Kill Bill

Mesmo que você não tenha visto nenhum filme do Bruce Lee, pode apostar: você conhece as obras mais famosas dessa lenda das artes marciais. Como? Agradeça a Quentin Tarantino, o homem que resolveu fazer um tributo às melhores lutas do cinema num filme ótimo, em dois volumes. Épico! Mas a parte mais bacana de Kill Bill é que cada cena de luta faz a gente se remexer no sofá, encarnar um personagem e lutar junto! Resumindo, vamos ao duelo das loiras? Podemos assistir a cena mil vezes seguidas. Nunca perde a graça.

3 – Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain

Essa é para as garotas. Os garotos podem até tentar, mas… Só as meninas entendem a magia desse filme. E só elas sabem por que as desventuras de Amelie marcam tanto. E por que a ficção da Amelie vira o desejo secreto de 90% de quem termina o filme suspirando – ou chorando, depende do caso. Mas vamos ao final feliz? Merecemos sonhar um pouco.

2 – Invictus

Inspirador. Essa cena, particularmente, costuma renovar as energias de quem precisa de um ânimo extra pra continuar, quando tudo parece impossível. Não há muito a falar desse filme, ou de Nelson Mandela. O certo é que todos nós sentimos um pouco dessa cena, e ela ajuda a resolver muitas coisas, de alguma forma.

1 – Antichrist

Lars Von Trier não é conhecido por fazer filmes amenos. Cada uma de suas obras tem um elemento incrivelmente perturbador. Este filme não é nada diferente. Anticristo tem temas pesados, muitas cenas fortes e uma atmosfera aterrorizante. Talvez por isso, duas palavrinhas do filme fiquem marcadas no inconsciente, sussurrando toda vez que as coisas não fazem muito sentido. Caos. Reina.

É isso, pessoal. Alguém tem mais alguma coisa a acrescentar? Então vamos lá! Até a próxima!

Lekkerding 237 posts

Cúspide e Gêmeos e Câncer. Corinthiana não praticante. Indie até os ossos. Advogada. Blogueira. Eterna estudante. Jogadora de handebol e de rugby, aposentada compulsoriamente. Fã de cerveja, de um bom papo, da internets e da (boa) política. Amante de David Bowie e de Florence & the Machine. Chata. Sem mais.

"Quem sabe respirar o ar de meus escritos sabe que é um ar das alturas, um ar forte. É preciso ser feito pra ele, senão há o perigo nada pequeno de se resfriar. O gelo está próximo, a solidão é monstruosa (...) Quanta verdade suporta, quanta verdade ousa um espírito? Cada vez mais tornou-se isto pra mim a verdadeira medida de valor. Erro não é cegueira, erro é covardia... Cada conquista, cada passo adiante no conhecimento é consequência da coragem, da dureza consigo, da limpeza consigo... Eu não refuto os ideais, apenas ponho luvas diante deles... Lançamo-nos ao proibido: com este signo vencerá um dia minha filosofia, pois até agora proibiu-se sempre, em princípio, somente a verdade."

Friedrich Nietzsche

Porque toda semana - lembrem-se, minhas semanas são relativas - deixarei algo bacana pra vocês verem/ouvirem. Espero que gostem das escolhas.